Reengenharia de Dados

   Reengenharia de Dados é a transformação de dados de um formato para outro.
   Muitas aplicações contêm dezenas de programas, muitos acima dos 20 anos de idade. Esses programas possuem milhares de elementos de dados, alguns redundantes, inconsistentes, ou incompreensíveis, e milhares de linhas de código, alguma obsoletas, outras incorretas.
   Utilizando ferramentas CASE pode-se evitar alguns problemas de dados nos novos sistemas, mas a maioria dos aplicativos não possuem força para detectar ou corrigir problemas de dados em sistemas existentes.
   Problemas de Dados:

  •  Elementos de dados, registros e arquivos foram criados separadamente para cada sistema. Os sistemas são integrados na marra;
  •  Regras de validação foram embutidas em procedimentos não compartilhados;
  • Convenções de nomes não existem ou não seguidas;
  • Modificações são feitas sem análise dos efeitos colaterais;
  • Nomes enigmáticos ou inconsistentes. Um programa pode ter muitos nomes para o mesmo elemento ou mesmo nome para elementos diferentes;
  • Tamanho de campos inconsistentes;
  • Dicionário de dados incompleto ou incorreto;
  • Valores default inconsistentes;
  • Perda da distinção entre valores válidos e inválidos;
  • Valores negativos em campos que deveriam ser positivos;
  • Truncamento de dígitos significativos;
   Com o auxílio de ferramentas automatizadas ou não é possível resolver cada um dos problemas citados. Na prática começa-se pela análise do código e do banco de dados  buscando as inconsistências e efetuando as modificações necessárias, seja no código, seja na definição do banco. As vezes simples regras de validação resolvem o problema. Outras vezes é necessário criar procedimentos centralizados de validação, regramento para noems significativos para variáveis e nomes de campos, etc.

Postagens mais visitadas