Translate

sábado, 17 de dezembro de 2016

The Walking Dead: Hearts Still Beating

   E chegamos ao último episódio do ano de twd : Hearts Still Beating.
   Episódio melhor que os últimos mas ainda numa narrativa um pouco lenta para ser um episódio de meio de temporada.
   Desta vez vimos as diversas histórias paralelas ,o que achei muito bom.
   Vou focar por ambientes:
   No covil dos Salvadores: Daryl foge, quem ajudou? A pegunta ficou no ar. Pode ter sido Jesus ou algum desertor (Dwayne?). Mas ao fugir ele não hesita em matar um dos homens de Negan com a mesma violência que ele. .
   Em Hilltop: Meggie está cada vez mais tomando conta do local. Cheio de planos e pronta para dar o "golpe" no presidente velhote de lá.
   No Reino: Foi apenas um preâmbulo do que está por vir: a união entre o Reino e Alexandria. Morgan e Carol são convidados a convencer ao Rei Ezekiel sobre atacar os salvadores, mas negam enfrentar o Negan :) .
   Na estrada: Michone faz com que sua prisioneira a leve ao QG dos salvadores, vê que a bronca é pesada e volta para contar como foi. Detalhe: a prisoneira pediu pra morrer.
   Alexandria: Melhor parte do episódio. Rick volta pra Alexandria depois de suar muito para conseguir armamento para Negan. Rick chega na hora em que o simpático vilão matava Spencer numa cena para quem tem estômago forte. Spencer queria tomar o lugar de Rick e Negan não aceitou a covardia do moço e o matou. Rosita resolve então colocar seu 'plano" em ação e atirar em Negan mas acerta a coitada da Lucille :) . Negan sacrifica Olívia , leva Eugene com ele e o grupo tem que engolir calado.
   De volta a Hilltop: Finalmente Rick resolve planejar como acabar com Negan  e o episódio termina com a sensação de que ainda corre sangue nas veias de Rick.
   Quem será a figura misteriosa que seguiu Rick até Alexandria? Amigo ou inimigo? Várias teorias surgiram: Poderia ser alguém do reino ou um novo inimigo. Vamos aguardar!
 
   Nota 7, mas esperava muito mais!

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

The Walking Dead: Dois resumos em um: "Swear" e "Sing me a song"

   Evitei comentar sobre o episódio 6 de TWD , semana passada, pois o mesmo foi muito fraco.
   Resolvi, então, comentar os 6 e o 7 ao mesmo tempo.
   

O episódio 6 é totalmente descartável. Apenas uma informação relevante: Existe um grupo, composto apenas por mulheres e crianças, fortemente armado que será utilizado nos episódios futuros. Utilizaram para mostrar o grupo um personagem que até estava esquecido que existia: Tara , remanescente do grupo do Governador.
   Vamos falar agora do episódio 7 - "Cante uma música para mim"
   
http://www.theverge.com/2016/12/5/13838252/the-walking-dead-season-7-episode-7-sing-me-a-song-recap

  Episódio focado na tentativa de Carl de se vingar de Negan. Depois de se infiltrar no caminhão que levava ao esconderijo de Negan, Carl mata dois capangas de Negan mas é pego. É aí que todo o terror psicológico de Negan  Fiquei na dúvida, no episódio todo, se Negan queria matar Carl e a demora em se decidir era para que ele sofresse ou se ele estava tentando mostrar a Carl as vantagens de ser um salvador.
  Negan mostrou todo seu poder de intimidaçao, Mostrou como castiga quem não cumpre as regras. Mostrou seu harem. E por fim, humilhou Carl fazendo com que ele mostre sua ferida no olho cego. "Cante para mim" - diz Negan - enquanto movimenta Lucille como se a qualquer momento fosse matar Carl.
  Terminou o episódio com o suspense sobre qual será o castigo qe Negan aplicará a Carl. E como Rick reagirá a ver Negan com suam filha no colo?
   O próximo episódio, intervalo de temporada, deverá ser bem mais tenso que os  últimos 3 que se passaram.
   Vamos aguardar! 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

The Walking Dead: "Go Getters"


   Mais um episódio morno. Mudou o cenário. Negan sai de cena e revemos as viúvas de twd: Maggie e Sasha. Ambas em Hiltop recuperando-se do luto.
   A escolha do episódio sem Negan, ao meu ver, foi acertada, a exposição dele em todo episódio poderia desgastar o personagem.
   Quase o episódio inteiro é centrado no líder covarde de Hilltop querendo expulsar Maggie, mesmo grávida, por achar que sua presença pode denunciar seu plano de acabar com os salvadores. Mesmo depois de elas serem fundamentais em proteger o lugar do ataque zumbi provocado pelos aliados de Negan.
   Graças a Jesus, sem trocadilhos, Maggie e Sasha não são pegas pelos salvadores. Jesus resolve enfrentar o velhote e bancar a estadia das meninas.
   Antes que eu esqueça, tivemos Carl (caolho), brincadeirinha, tendo seu primeiro beijo com Enid, :)
   E o final foi o melhor de todo o episódio: Jesus e Carl se infiltrando no caminhão de Negan. Eu acho que vai dar merda.
   Com certeza o próximo episódio pulará para outro ponto da série. Mesmo com episódios mais ou menos não resisto a assistir.
   Até lá!
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...