Viagem Santigo no Chile: Parte 2

    Roupas de Inverno:

   Nossa maior preocupação nessa viagem à Santiago era sem dúvida as baixas temperaturas, sobretudo porque iríamos com crianças e não gostaríamos de deixar de curtir algum passeio por conta do desconforto causado pelo frio. Fizemos pesquisas em vários blogs sobre o que levar para nos proteger mas não seguimos à risca nenhum específico. Coletamos ainda informações com alguns amigos que já haviam viajado no inverno e acabamos nos preparando da seguinte forma:

   1º camada. Malhas térmicas. Compramos blusas e calças térmicas da Wed’ze, marca de ski, snowboard e trenó da Decathlon. Aproveitamos a ida de amigos a Curitiba e pedimo-lhes que comprassem na loja física, mas também há uma loja online. Embora existam inúmeras marcas disponíveis no mercado, essa sem dúvida é uma das que possui uma das melhores relações custo/benefício. Resolvemos arriscar em detrimento de outras que poderíamos adquirir aqui mesmo em Maceió (Lupo store) e valeu a pena. Elas cumprem o que prometem: manter o isolamento térmico do corpo.



   2º camada. Fleece. Compramos também no site da própria Decathlon camisas de fleece da marca Quechua. Elas prometem um ótimo conforto para temperaturas entre 7° e 10 °. E novamente corresponderam ao que se esperava delas. Uma de nossas filhas andou basicamente com essa combinação 1 + 2 e se manteve aquecida. Para a parte de baixo, calças legging de algodão um pouco mais grossas e jeans, muito jeans. Embora Isso vá na contramão do que muitos sites dizem por aí, pra gente funcionou bastante e no final ficamos bem casuais sem sentirmos frio. 


   3º camada. Casaco. Por morarmos em um lugar quente não possuíamos nenhum casaco apropriado para baixas temperaturas. Tivemos uma ajuda dos familiares, com um casaco de couro do pai, um sobretudo da irmã, um casaco de tricô de presente e assim nos viramos. Nossa filha mais nova herdou um casaco impermeável da irmã, adquirido há muito tempo para uma viagem a Gramado e que quase não havia sido usado. A ideia era comprarmos casacos mais adequados lá em Santiago, mas os preços não estavam muito convidativos e acabamos abandonando essa ideia, visto que já estávamos bem aquecidos.

   Sapatos. Botas são sempre legais porque aquecem bem os pés, mas para bater pernas o dia inteiro escolha modelos sem salto que não vão deixar seus pés acabados ao fim do dia. Agora se você não dá importância aos figurinos elegantíssimos de inverno, escolha um bom tênis e ande o dia inteiro sem se preocupar. 

   Precisei comprar luvas e gorros pois não tinha e as mãos congelavam no frio de 6 graus.
   Se puder levar um cachecol ajudará a proteger o rosto do frio.

  No próximo post falarei um pouco sobre algumas dicas de palavras em espanhol que podem confundir. Até lá!
   Post com colaboração de minha esposa: Cristiany!

Postagens mais visitadas