Saudade do tempo de UFAL

   No sábado passado, 30/07/2011, vivi um reencontro com amigos queridos que o tempo afastou. Foi um churrasco das turmas de Ciência da Computação da UFAL que entraram entre 92 a 95, salvo engano. Muitos casaram, tiveram filhos e foi muito legal ver minhas filhas brincando com as filhas dos colegas. Mais uma geração que se encontra. Alguns amigos vivem longe e não puderam vir, estão espalhados pelo Brasil. Outros, mesmo assim conseguiram participar, como nosso amigo André, que veio de Brasília para a festa e trouxe suas duas filhinhas.
   Essa reunião me fez recordar e sentir saudades dos tempos da faculdade. A UFAL, por ser uma universidade pública, possui uma gama diversificada de pessoas de todas as classes. É claro que um aluno saído de escola pública, na teoria, teria um ensino mais deficitário e seria mais complicado adentrar na universidade. Mas nós estávamos lá. Mostrando que esforço e determinação supera obstáculos. Tínhamos as turmas dos "sem carro" e dos endinheirados. Mas as diferenças eram apenas na dificuldade de transporte ou a falta de dinheiro pra sair nos fins de semana, pois a turma era unida e notamos isso quando nos revemos.
  Fiquei com saudades do tempo de UFAL, saudades do professor Jaime Evaristo, que foi primordial para que eu optasse por Computação. Senti falta na festa de meus amigos Guilherme e Henrique com quem passava as tarde estudando cálculo na biblioteca e até hoje considero grandes amigos.
 Não poderia deixar passar a oportunidade de registrar este momento e torcer que façamos outros encontros como esse.
 Abraços aos que foram e aos que não foram não deixem de ir aos próximos.

Postagens mais visitadas