Clientes

   Trabalho com informática desde 1998 e já levei muita pancada por duvidar dos meus clientes e depois eles se revelarem certos no que diziam. Uma vez soltei a frase "Mas isso é impossível" e na verdade o cliente estava certo.
   Hoje em dia mudei, passei a ouvir primeiro, analisar o problema sem julgar para depois dar a solução. E isto transformou minha relação com os clientes e até colegas. Meus relacionamentos estão mais verdadeiros e acredito que passo seriedade e confiança no que digo em vez de simplesmente querer afirmar que o outro está errado.
   O dia de hoje foi um exemplo. Passei um bom tempo com um bug que teimava em não deixar rastros. O cliente alegava que estava certo e resolvi ouvi-lo. Passei o dia analisando todas as possibilidades. A do cliente ter feito um operação x e a de o meu programa ter falhado. No final das contas o meu programa havia falhado e o cliente estava certo.
   Resumo da ópera: Ouça o cliente, tenha paciência, analise todo o problema antes de se precipitar e julgá-lo errado. Isto vai torná-lo um aliado em vez de um insatisfeito. E sempre, sempre, sempre, reconheça seus erros.

 

Postagens mais visitadas